Archive for Dezembro, 2008

Viagens na minha terra (II) – Évora

23 / 12 / 2008

Depois de uma hibernação mais ou menos prolongada, sai um post fresquinho com mais um roteiro de viagem.

Desta vez, Évora e suas redondezas.

Para começar, um pouco de história, para dar a conhecer as origens e evolução da cidade capital de distrito.

Évora é uma cidade já bastante antiga, remontando ao tempo dos romanos. Foi ocupada pelos árabes, e reconquistada em 1165, daí ser bastante rica em património histórico edificado, sendo mesmo Património da Humanidade declarado pela UNESCO em 1986.

Uma visita a Évora é então recomendada aos amantes da história e de cidades pitorescas. Assim sendo, fica uma lista de sítios que merecem uma olhadela atenta:

Templo de Diana (mais não seja para admirar como ao fim de uns milénios ainda sobra alguma coisa)

Sé (com o seu museu de arte sacra)

Capela dos Ossos (o nome diz tudo)

Praça do Giraldo e Igreja de Santo Antão

Universidade

Muralhas

E claro, todas as ruinhas e ruelas geralmente bem conservadas que encaminham o transeunte entre todos estes sítios.

Mais fora da localidade, é também de bom tom visitar o convento do Espinheiro (agora transformado num hotel de 5 estrelas), e será certamente interessante visitar os monumentos megalíticos que constam nos mapas, mas cuja sinalização à lá portuga não permitiu alcançar.

Nas redondezas, algumas vilas merecem uma visita, pelo seu pitoresco e pelas paisagens que proporcionam (e respectivos castelos, claro). A não perder: Montemor-o-Novo, Arraiolos e Reguengos.

Recomendo o Évora Hotel, como relação qualidade-preço, Não é um dos pitorescos hotéis no centro histórico da cidade, mas oferece um conjunto agradável de serviços (utilização da piscina, sauna e jacuzzi), um decente pequeno almoço, e quartos confortáveis, assim se atine com fechar bem a janela e acertar o aquecimento!

Fotos virão um destes dias 🙂