Archive for Maio, 2009

Hoje cheira a…

27 / 5 / 2009

Raios! Há já uns dias que não cheira a nada vindo das vizinhanças. O último odor de que me lembro é o de uns camarões cozidos…

Ó vizinha, faxabor de tratar de preparar aí umas iguarias! (peixe frito não vale)

Anúncios

Marinho a Presidente!!

23 / 5 / 2009

Confesso que não suporto o estilo arrogante e “bota-abaixo” da menina (e ex-deputada) Manuela Moura-Guedes, por isso ver o senhor Marinho Pinto a dizer-lhe umas quantas verdades fez-me rejubilar de satisfação. Este é um momento televisivo que certamente ficará na história das sovas televisivas, quase a par com o “Mario Crespo vs Valentim Loureiro” (embora aqui a tourada tenha sido do pivot ao entrevistado).

Fica o Vídeo

Parabéns Mini!

19 / 5 / 2009

Fez há 10 dias 50 anos que aquele carrinho branco saíu da linha de montagem. Foi o primeiro dos 5387862 fabricados (o último foi o vermelhinho, num dia de Outono do ano 2000), e não podia deixar de passar esta data sem a assinalar.

Por isso reforço,

Parabéns Mini!!

Lá para Agosto conversamos 😉

O chefe recomenda: (I)

19 / 5 / 2009

Atum à Brás com cogumelos!

Para quem gosta de bacalhau à Brás, e precisa de uma refeição rápida e saborosa, cá vai:

(receita para duas ou três doses, dependendo da fome)

Tempo de preparação: 15 minutos

Ingredientes:

1 cebola média

1 dente de alho

1 folha de louro

1 fio de azeite

1 piri-piri q.b.

2 latas de atum

1 latinha de cogumelos laminados

1/2 pacote dos pequenos de Batatas fritas “palha”

2 ovos

1 raminho de salsa (se houver)

Ora pois começa-se por se fazer um refogado com o azeite, a cebola, o alho, o louro e o piri-piri. Quando a coisa já estiver a puxar para o alourado, juntam-se os cogumelos previamente escorridos, e deixa-se refogar durante mais um pedaço. Entretanto abrem-se as latas de atum e escorrem-se grosseiramente, e mexem-se os dois ovos numa tigela.

Quando os cogumelos estiverem “no ponto pretendido” (e note-se que isto é vagamente ao critério do cozinheiro de ocasião), junta-se o atum ao preparado e mexe-se até que esteja tudo misturado. Deixa-se o atum refogar também, e juntam-se as batatas “palha”, envolvendo-se tudo. Nesta altura, a mistela deverá estar já bastante seca, pelo que é aconselhável ter especial atenção ao lume. Juntam-se então os ovos mexidos, e mexe-se para que a mistela se torne um belo “à Brás”, cozinhando o ovo.  Polvilha-se com a salsa picada.

Acompanha com salada de alface ou tomate e a ocasional azeitona.